Growth Hacking é uma interessante alavanca que pode ser utilizada para auxiliar no crescimento de diversos negócios através da realização de ações estratégicas.

Fazer com que um negócio cresça não é uma tarefa fácil, principalmente quando existe muita concorrência ou uma grande dificuldade de alcançar o público alvo.

Os problemas de crescimento podem ser solucionados com o auxílio do mesmo, que oferece a oportunidade de desenvolvimento utilizando ações especiais.

Ao utilizar o Growth Hacking, são realizadas diversas estratégias desenvolvidas de forma personalizada e que utiliza experimentos para garantir o sucesso.

Algumas ações podem falhar, mas é importante agir rapidamente e encontrar uma nova forma de conseguir alcançar as metas impostas pelo Growth Hacking.

Ele está presente na vida de muitas empresas e os seus resultados são surpreendentes, mas eles não são fáceis de serem alcançados pelos profissionais.

Apesar de ser possível alcançar resultados de crescimento de forma rápida com a utilização dele, é necessário trabalhar com foco e lembrar as estratégias podem falhar.

Quando as estratégias falham, o profissional de Growth Hacking precisa encontrar soluções utilizando as informações que ele possui, sendo possível realizar testes.

Os testes podem estar presentes na rotina do profissional, mas é importante conseguir contornar a situação e obter resultados positivos para os negócios.

Os testes oferecem informações importantes para os profissionais de Growth Hacking, pois eles conseguem identificar falhas em suas estratégias e aprender a contornar os resultados negativos.

É necessário levar em consideração que o Growth Hacking não é uma estratégia de crescimento que proporciona milagres, pode ser complicado encontrar o caminho certo.

Para fazer com que os resultados positivos fiquem mais fáceis de serem encontrados, é possível utilizar algumas ferramentas e estratégias do marketing.

  • O que é?
  • Como surgiu?
  • Quem É Sean Ellis?
  • Etapas
  • Processo
  • Para que serve
  • Benefícios
  • Vantagens
  • Como utilizar
  • Como aplicar na sua empresa
  • Cargos
  • Competências/habilidades
  • Quanto ganha?
  • Como gerar ideias
  • Como modelar os experimentos

 O que é growth hacking?

O Growth Hacking é uma metodologia que desenvolve projetos com o foco em alcançar um objetivo específico utilizando diversas informações e estratégicas.

É um projeto focado em disponibilizar resultados específicos para solucionar um determinado projeto de forma estratégica e personalizada.

O profissional de Growth Hacking trabalha gerando ideias personalizadas que conseguem oferecer diversos benefícios para um negócio quando executadas de forma correta.

Para executar o projeto de forma correta, é necessário que ele seja personalizado de acordo com o objetivo e sempre analisando quais são os melhores passos.Growth Hacking: o que é

Todos os passos são executados de forma planejada para conseguir alcançar resultados mais eficientes, por isso é extremamente importante desenvolver uma planilha para cada projeto.

A planilha recebe o nome de modelagem e ela identifica todos os detalhes importantes e relevantes sobre o projeto, é essencial que ela seja desenvolvida de forma criteriosa e cautelosa.

Dentro da planilha de modelagem é possível encontrar todos os passos que foram dados durante o projeto e quais resultados eles estão conseguindo alcançar.

Ele é a criação de um projeto que utiliza diversas habilidades para conseguir alcançar um objetivo pré-determinado, ele é realizado por um profissional específico.

O profissional de Growth Hacking é o responsável pela elaboração e desenvolvimento do projeto, ele consegue oferecer diversos benefícios relevantes para o ambiente.

Como surgiu o growth hacking?

O Growth Hacking surgiu quando Sean Ellis descobriu que existia um profissional que ainda não havia sido nomeado de forma correta, pois ele executava funções diferentes.

Sean Ellis o criou  em 2010, após observar vários profissionais, identificar os resultados dos seus trabalhos e analisar que todos os fatores possuem algo em comum.

Sean Ellis conseguiu identificar que algumas empresas estavam crescendo de forma surpreendente e isso chamou a sua atenção, fazendo com que ele começasse a fazer uma investigação.

A investigação de Ellis identificou que as empresas possuíam profissionais que executavam a mesma função, mas não recebiam o mesmo nome.

A descoberta de Sean Ellis foi muito importante, pois ele criou o termo Growth Hacking e isso permitiu que ficasse mais fácil aprender como eles faziam para alavancar as empresas de forma rápida e diferenciada.

Ellis possui um grande conhecimento quando o assunto são empresas com alto potencial no mercado, por isso a sua opinião é muito importante e relevante.

O Growth Hacking surgiu após muitas pesquisas, e com o passar dos anos foi possível desenvolver cada vez mais as habilidades dos profissionais que trabalham na área.

O Growth Hacking foi descoberto e criado em 2010, nos anos seguintes ele foi passando por evoluções que faziam com que ficasse cada vez mais eficiente e relevante.

A criação do Growth Hacking foi um marco importante na vida profissional de várias pessoas que executavam as atividades relacionadas com a área e de todos os negócios que desejam alavancar o seu crescimento.

Quem É Sean Ellis?

Sean Ellis possui um currículo interessante que carrega a fundação de Qualaroo e GrrowthHackers, mas não acaba por aí, ele também participou com cargos importantes de outras grandes empresas, tais como Dropbox e LogMeIn.

Sean Ellis conseguiu identificar que existia a necessidade de criar uma nova modalidade de profissional que executava habilidades específicas que ainda não eram realizadas por outras pessoas.

Além de conseguir executar habilidades específicas, era necessário que o profissional possuísse funções e a capacidade de realizar um cargo que ainda não existia formalmente em nenhuma empresa.

O cargo envolvia trabalhar em acelerar o desenvolvimento que buscava fazer com que a empresa conseguisse crescer de forma. A função era diferente de todas aqueles realizadas dentro da área do marketing.

O foco era fazer com que a empresa crescesse com um grande diferencial, pois ela não seguia os mesmos parâmetros dos concorrentes, era necessário agilizar todo o processo.

As habilidades necessárias para conseguir auxiliar no rápido desenvolvimento de uma empresa, não faziam parte da função de nenhum dos cargos que já haviam sido criados.

Sean Ellis conseguiu identificar esse problema e foi o responsável por criar o termo Growth Hacking, dando origem ao profissional que possuía a capacidade de alavancar diferentes tipos de negócios.

Sean Ellis foi extremamente visionário e observador ao conseguir identificar que existia a necessidade de abrir as portas para um novo profissional no mercado.

Além de conseguir identificar a existência de uma nova classe de profissionais, ao criar o termo Growth Hacking, Sean Ellis permitiu que muitas pessoas encontrassem uma nova oportunidade.

Um profissional novo no mercado era uma grande oportunidade para várias pessoas, pois as empresas que desejavam impulsionar suas vidas, começariam a buscar por trabalhadores qualificados.

A criação do Growth Hacking, abriu muitas novas oportunidades de emprego e ajudou vários negócios a crescerem de forma mais interessante e importante.

Etapas do growth hacking

O Growth Hacking funciona com a realização de 5 etapas, elas não são complicadas de serem compreendidas, mas é necessário trabalhar com cautela em cada passo.

A primeira etapa consiste em gerar ideias, é necessário pensar em qual será o objetivo final ao realizar o Growth Hacking e começar a identificar o precisa ser feito.

As ideias precisam ser criadas de forma centrada e objetiva, o profissional precisa fazer algumas pesquisas e estudos para conseguir desenvolver a primeira etapa.

Possuir ideias que não estejam relacionadas com o objetivo vai apenas atrasar os resultados positivos que precisam ser atingidos com a realização das estratégias.

As ideias precisam estar relacionadas com o objetivo final e ajudar a alcançar os resultados de forma mais rápida e eficaz, por isso é necessário realizar pesquisas para ajudar a direcionar o profissional.

A segunda etapa pode ser chamada de modelagem, as ideias começam a ganhar um formato mais profissionalizado e são direcionadas de forma objetiva.

A modelagem precisa ser realizada com cuidado e é necessário que mais algumas pesquisas sejam realizadas para ajudar a fazer com que ela fique perfeita.

Dentro da modelagem, é necessário adicionar diversas informações relevantes e essenciais para o desenvolvimento do Growth Hacking, o profissional deve fazer uma planilha.

A planilha precisa contar com as seguintes informações, hipótese, métricas, pessoas, ferramentas, workflow e acompanhamento. Todos os detalhes são importantes.

Hipótese

A hipótese irá informar o resultado esperado com a ação, ela não precisa ser adicionada apenas quando o profissional possuir total conhecimento de como os fatos irão acontecer.

A hipótese não precisa ser uma informação específica, pois talvez não seja possível descobrir com exatidão qual será o seu resultado com o Growth Hacking.

Métricas

As métricas podem ser relacionadas com diversas informações, um exemplo muito comum e fácil de ser compreendido é o número de conversão.

Pessoas

Pessoas no growth hacking

As pessoas são todas aquelas que possuem relação com o Growth Hacking que está sendo realizado, adicione o nome de quem participou da execução das estratégias, forneceu as ideias e etc.

Workflow

O workflow é mais uma informação que precisa estar presente na planilha, dentro desta tabela, é necessário adicionar todas as ações que serão realizadas durante o Growth Hacking.

Acompanhamento

O acompanhamento é o último item da planilha, é essencial informar como será realizado o desenvolvimento do mesmo para identificar o prazo necessário para conferir os resultados.

Após finalizar a modelagem, a próxima etapa é o teste. É necessário experimentar as ideias que foram criadas durante o Growth Hacking para descobrir quais serão os seus resultados.

Teste ou experimento

O teste é uma etapa importante, pois ela irá informar se a ideia está no caminho certo e quais benefícios ela é capaz de disponibilizar quando for executada.

Análise de resultados

Análise de dados no growth

Após o teste, a próxima etapa é analisar os resultados que foram alcançados com a ideia e informar o que o Growth Hacking permitiu que fosse identificado.

Ao analisar os resultados, é possível descobrir uma grande quantidade de informações que possuem a capacidade de auxiliar no crescimento rápido de um negócio.

A última etapa do Growth Hacking é dar prosseguimento a ideia inicial ou abandonar tudo que está realizando e começar a buscar um novo caminho para o sucesso.

Processo do growth hacking

O processo do Growth Hacking começa a identificação de um problema que precisa ser solucionado com a ajuda das estratégias que ele consegue gerar.

Em seguida, são geradas ideias de projetos que identificam todas as informações importantes, tais como, quais ferramentas precisam ser utilizadas e de quanto em quanto tempo é necessário conferir os resultados.

Possuir todas as essas informações é importante para organizar os seus projetos de Growth Hacking e fazer com que os seus resultados sejam os melhores possíveis.

Cada projeto é diferente um do outro, pois eles possuem objetivos diferentes, utilizam ferramentas específicas,  são desenvolvidos por pessoas diversas e etc.

Apesar de serem diferentes, todos os projetos de Growth Hacking precisam ser supervisionados, pois eles são testes que podem apresentar falhas.

Os projetos de Growth Hacking são testes, pois não é possível prever todos os acontecimentos quando as ideias são geradas para solucionar os problemas.

Apesar de não ser possível prever todas as ações e reações que um projeto de Growth Hacking irá gerar, é possível que o profissional faça projeções.

As projeções ajudam durante o processo de criação dos projetos de Growth Hacking e é possível que algumas delas cheguem perto da realidade, fazendo com que os resultados sejam mais satisfatórios.

O processo de Growth Hacking é um teste que precisa estar em constante supervisão, e quando os resultados começam a apresentar números indesejados, é necessário alterar as estratégias.

O processo do Growth Hacking é de erros e acertos, por isso não existe uma fórmula que possa ser utilizada em todos os projetos, mas os seus resultados conseguem ser excelentes.

Para que serve o Growth Hacking?

O Growth Hacking serve para ajudar na busca pela solução de um determinado problema que esteja causando resultados ruins para uma empresa ou outro tipo de ambiente.

Ele pode ser utilizado em diversas situações e ele consegue solucionar vários problemas que geram prejuízos quando não recebem a atenção necessária.

As empresas podem apresentar diversos problemas que o Growth Hacking consegue solucionar, tais como quedas de vendas e dificuldade para se destacar no mercado.

Os projetos de Growth Hacking são desenvolvidos com o foco em um problema principal que pode ser solucionado com a utilização de diversas estratégias e experimentos rápidos.

Uma empresa nova no mercado, pode utilizar o Growth Hacking para alavancar o seu crescimento e consequentemente, os seus lucros, por isso é uma tática importante.

Além de empresas novatas, ele também pode ser utilizado quando o negócio não está encontrando o caminho para o seu desenvolvimento, mesmo após um bom tempo exercendo as suas atividades.

Para solucionar esse tipo de problema, o Growth Hacking pode ser acionado e a resposta não será difícil de ser encontrada, pois várias empresas conseguiram crescer e prosperar com essa estratégia.

O Growth Hacking oferece excelentes resultados para empresas que desejam melhorar o seu destaque no mercado, é importante analisar essa questão.

Diversas empresas conseguiram aumentar os seus lucros e o destaque no mercado com o Growth Hacking, foi com essas ações que ele conseguiu ser reconhecido.

Benefícios

Benefícios growth hack

O Growth Hacking pode oferecer diversos benefícios para empresas de qualquer porte, e também é uma excelente alternativa de solução de problemas.

Ao utilizar o Growth Hacking, será possível aumentar as vendas, melhorar o posicionamento no mercado e planejar o crescimento do negócio de forma rápida e sustentável.

Os benefícios do Growth Hacking são diversos e eles dependem do problema que está afligindo a empresa, pois através dessa questão, será iniciado o projeto.

Não existe um único benefício que possa ser descrito pelo Growth Hacking, ao começar a utilizar a estratégia em sua empresa, é possível começar a encontrar diversas outras formas de utilizar a ferramenta.

Os seus benefícios aumentam quando ele começa a ser utilizado, pois ele dá inicio a uma grande coleta de informações que conseguem ser extremamente úteis.

As informações obtidas pelo Growth Hacking durante a execução de um projeto, podem ser utilizadas em outras áreas da empresa ou para solucionar outros problemas.

Os seus benefícios podem ser ilimitados quando ele entra dentro de uma empresa, por isso é interessante dar uma oportunidade para o Growth Hacking e começar a experimentar tudo o que ele pode oferecer.

Vantagens do growth hacking

O Growth Hacking consegue oferecer benefícios interessantes para uma empresa, principalmente por causa das informações que ele disponibiliza para os profissionais.

Todas as informações do mesmo são guardadas e elas podem ser utilizadas para encontrar outras formas de ajudar a alcançar o sucesso da empresa.

Além das informações relevantes, o Growth Hacking também oferece benefícios em uma grande variedade de setores, ele é um projeto com várias vantagens que precisa estar presente em sua empresa.

Ao adicionar o Growth Hacking em sua rotina, será possível identificar todas as vantagens que ele consegue oferecer de forma rápida e eficientes.

Como utilizar

Para utilizar o Growth Hacking, é necessário gerar uma ideia que será utilizada como ponto de partida para a criação de um projeto elaborado e estratégico.

O primeiro passo é descobrir qual problema será o foco do projeto, pois é a informação mais importante para conseguir desenvolver um excelente projeto de Growth Hacking.

Os projetos de Growth Hacking não são todos iguais, mas o profissional pode fazer uma modelagem que ajuda a direcionar todas as ações que precisam ser realizadas.

Após identificar qual problema será o foco do projeto, é necessário começar a gerar ideias de forma estratégica, pensando em como elas podem solucionar os problemas.

Após gerar as ideias, é hora de começar a colocar em prática o projeto Growth Hacking, desenvolvendo a modelagem que servirá de guia para todos os profissionais.

O Growth Hacking possui cinco etapas, apesar de serem simples, elas podem ser complexas e o resultado do projeto não será identificado de forma imediata.

As cinco etapas recebem o mesmo nome, mas em cada projeto, podem ser diferentes e necessitar que sejam realizadas estratégias diversas e ferramentas específicas.

Como aplicar o Growth Hacking na sua empresa

A forma mais prática de aplicar o Growth Hacking na sua empresa, é realizando a contratação de um profissional qualificado para começar a criar os projetos necessários.

O profissional qualificado é a forma mais rápida de conseguir obter os melhores resultados, pois ele apresenta todo o conhecimento necessário para inserir o Growth Hacking em sua empresa.

Ao contratar um profissional de Growth Hacking, ele conseguirá identificar com mais facilidade quais estratégias serão capazes de oferecer os melhores benefícios para a sua empresa.

A contratação de um profissional de Growth Hacking é uma forma interessante de aplicar os projetos em sua empresa, mas também é possível treinar os seus funcionários.

Ajudar os seus funcionários a desenvolverem novas habilidades é uma forma eficaz de fazer com que a sua empresa seja mais eficiente e lucrativa, portanto, essa possibilidade não deve ser descartada.

Disponibilizar mais conhecimento para os funcionários, vai fazer com que a sua empresa tenha mais profissionais qualificados e os benefícios serão mútuos.

Treinar os funcionários pode ser mais demorado do que realizar a contratação de um profissional que já tenha experiência, mas é interessante analisar os prós e contras de ambas as situações.

Outra forma de aplicar o Growth Hacking em sua empresa, é estudando como ele funciona e começando a implementar por conta própria os projetos em busca dos resultados desejados.

Aprender sobre o Growth Hacking é sempre benéfico e será interessante para a sua empresa, independente de quem seja a pessoa escolhida para aprimorar as habilidades no assunto.

Existem diversos cursos online que podem ser realizados do conforto de sua casa e oferecem conhecimentos eficientes e importantes sobre o Growth Hacking.

Competências/Habilidades do Growth Hacker

Competênicas Growth Hacking

O profissional de Growth Hacking precisa possuir características diferenciadas que fazem com que ele consiga executar uma função específica e personalizada.

O profissional de Growth Hacking precisa conseguir identificar problemas e gerar ideias de projetos que apresentam a capacidade de solucionar tudo.

O profissional não é especializado em marketing, ele trabalha em uma área específica e que possui diversas competências e habilidades de setores diferentes.

Apesar de ser confundido com um profissional da área do marketing, os trabalhadores da área de Growth Hacking possuem diversas outras habilidades que fazem com que ele tenha uma função diferente.

Ele permite que o profissional tenha conhecimento em diversos setores de marketing, pois é uma área que consegue auxiliar em seu trabalho, mas ele também possui outras qualidades.

O profissional de Growth Hacking deve ser capaz de gerar ideias inovadoras, portanto, é importante que a sua visão não seja limitada, mas também é necessário não extrapolar.

O profissional precisa conseguir identificar o limite certo na hora de gerar ideias para os seus projetos de Growth Hacking, que devem solucionar os problemas apresentados.

Além de conseguir criar ideias, é necessário possuir habilidades para pensar de forma rápida quando o projeto apresenta falhas e não entrega os resultados desejados.

O profissional precisa ser organizado, pois todos os projetos de Growth Hacking devem ser elaborados com cautela e sempre é importante guardar as informações.

A organização permite que o profissional consiga identificar de forma mais rápida todas as informações que são relevantes e fazer com que os seus projetos de Growth Hacking sejam um grande sucesso.

O profissional precisa conseguir lidar com falhas, pois ele irá realizar diversos testes e nem todos irão conseguir alcançar os resultados que ele espera.

As falhas são parte da rotina do profissional de Growth Hacking, mas a forma como ele aborda a situação, faz uma grande diferença em sua vida e no sucesso.

O profissional também precisa ser paciente, pois os resultados não acontecem de forma imediata e em alguns projetos pode ser necessário aguardar um tempo maior antes de fazer alterações.

É necessário saber a hora certa de agir, quando um teste está demorando para apresentar resultados, talvez não seja o momento de fazer uma mudança radical.

Quanto ganha um profissional de growth hacking?

O profissional de Growth Hacking precisa possuir um grande conhecimento em várias áreas e o seu trabalho é muito complexo, pois é realizado de forma personalizada.

O salário do profissional de Growth Hacking pode variar de acordo com as regiões, mas a média nacional é de R$ 4.500 reais, quanto maior a experiência e conhecimentos, mais alto pode ser o valor.

Os estagiários recebem um valor menor, portanto, é muito importante ficar atento na hora de começar a trabalhar com a profissão nessa modalidade de trabalho.

Os estagiários podem receber uma média de R$ 1.000 reais por mês, um valor menor do que o salário de um profissional experiente que já está por dentro de como funciona o trabalho.

É importante lembrar que o profissional de Growth Hacking precisa sempre estudar, pois as atualizações em sua área de trabalho acontecem constantemente.

A experiência não é o único fator relevante para garantir uma carreira de sucesso para o profissional da área, pois é necessário que ele esteja sempre atualizado.

Um profissional do assunto desatualizado, pode perder o seu espaço no mercado, portanto, é extremamente importante ficar atento para não ficar por fora dos avanços da profissão.

O salário pode ser maior em regiões que apresentam mais possibilidades para o profissional do assunto, é necessário analisar essa questão antes de decidir se aventurar no mercado.

O salário do profissional de Growth Hacking também pode ser pago de acordo com outros fatores, tais como horas de trabalho ou por projeto elaborado.

Como gerar ideias com o growth hacking

Como gerar ideias

Gerar ideias não é uma missão simples para o profissional de Growth Hacking, é importante que ele fique atento ao seu objetivo e consiga elaborar pensamentos criativos e eficientes.

Para facilitar na geração de ideias, podem ser realizadas diversas pesquisas focadas no problema que precisa ser solucionado com o projeto dele.

Quando o objetivo é ajudar um negócio a crescer no mercado, pode ser interessante estudar a concorrência, o público alvo e quais estratégias estão sendo realizadas pelas empresas que estão conseguindo bons resultados.

A pesquisa é uma parte importante na hora de ajudar o profissional a gerar ideias, ao analisar as informações adquiridas, ficará mais fácil identificar quais são as melhores estratégias que podem ser realizadas.

Identifique quais estratégias os concorrentes estão fazendo e utilize essa informação como forma de impulsionar a sua criatividade para gerar ideias de novos projetos.

As ideias podem ser geradas de forma estratégica e lógica, mas também é possível utilizar a criatividade para criar projetos inovadores e diferenciados que consigam se destacar.

A geração de ideias não é um processo que funciona da mesma forma para todos os profissionais, é necessário conseguir encontrar o seu próprio estímulo.

O mais importante é garantir que as ideias geradas não estarão em desacordo com o projeto e que elas possuem a capacidade de alcançar bons resultados.

Como modelar os experimentos por profissionais de growth hacking

Os experimentos podem ser modelados em uma planilha fácil de ser elaborada pelos profissionais de Growth Hacking, ela precisa conter informações básicas e relevantes sobre o projeto.

A modelagem precisa ser elaborada de acordo com as pesquisas realizadas em conjunto com o trabalho do profissional de Growth Hacking, é essencial que todas as informações sejam verdadeiras.

Apesar de ser essencial que as informações sejam verdadeiras, algumas delas não precisam possuir extrema exatidão quando forem adicionadas na planilha, um exemplo é a hipótese.

A planilha precisa ser atualizada sempre que for necessário e é muito importante que o profissional adicione o máximo de detalhes possíveis, principalmente quando for informar sobre as atividades e ferramentas utilizadas.

É importante adicionar detalhes verdadeiros e não se esquecer de acrescentar informações relevantes que podem ser utilizadas para elaborar novos experimentos.

A planilha não precisa ser elaborada de forma extremamente diferente, um modelo simples de tabela é o suficiente para criar uma excelente modelagem.

A modelagem pode ser criada em uma tabela simples, é necessário apenas garantir que todas as pessoas essenciais tenham acesso ao documento para fazer alterações quando necessário.

Não é necessário ficar perdido na hora de identificar quais informações precisam ser adicionadas na modelagem, pois existe uma lista simples para ser seguida pelos profissionais de Growth Hacking.

A modelagem precisa conter as seguintes informações, hipótese, métricas, pessoas relacionadas com o projeto, ferramentas necessárias, workflow e acompanhamento.

Ao seguir a lista de informações essenciais, fica mais fácil construir a tabela de modelagem do Growth Hacking e acompanhar o desenvolvimento do projeto.

Precisa de ajuda para crescer sua base de clientes? Veja como a consultoria em vendas da Protagnst pode te ajudar.

    Como você acha que a Protagnst pode ajudar sua empresa?

    3 respostas

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *